BLOG OFICIAL DO G.D.C. DA NORAMyspace Scrolling Text Creator

REGULAMENTO DO FUTSAL


GRUPO DESPORTIVO E CULTURAL DA NORA

TORNEIO INTERNO DE FUTSAL - 2011

REGULAMENTO DO TORNEIO

Pontuações
Classificação Geral:
Vitória: 3 pontos
Empate: 1 ponto
Derrota: 0 pontos
Falta de comparência: -1 ponto
Disciplina:
Cartão Amarelo:  2,50 euro
Cartão Vermelho: 5,00 euros 
Troféu Fair-Play:       
Cartão Amarelo: 5 pontos
Cartão Vermelho: 10 pontos
Nota: A equipa só pode jogar se tiver regularizado o pagamento dos cartões referentes ao jogo anterior, considerando-se falta de comparência.



Prémios
Troféu para as 3 equipas melhor classificadas
Troféu BOTA D’OURO (atribuído ao jogador que marcar mais golos)
Troféu Fair-Play (atribuído à equipa que tiver menos pontos)
Troféu “Melhor Guarda-Redes” (Decidido pela Direcção)

Desempates
As formas de desempate são as seguintes:
Classificação Geral:
1º Resultado verificado entre as equipas
2º Diferença entre golos marcados e sofridos
3º Golos marcados
4º Disciplina
Troféu Fair-Play:
1º Diferença entre golos marcados e sofridos
2º Golos marcados
3º Média de idades mais baixa
Troféu BOTA D’OURO:
1º Jogador com menos jogos efectuados
2º Jogador mais disciplinado
3º Jogador mais jovem
Suspensões
Após 3 amarelos na competição: 1 jogo de suspensão
Vermelho por acumulação: 1 jogo de suspensão
Vermelho directo: 2 jogos de suspensão
Falta de comparência
Será considerada falta de comparência caso a equipa não se encontre no recinto de jogo 20 minutos após a hora do jogo; será ainda considerada falta de comparência as equipas que não regularizem o pagamento de cartões.

Adiamento de jogos
Apenas se autorizará o adiamento dos jogos caso as duas equipas estejam em acordo e caso haja disponibilidade da organização para a realização do jogo no dia escolhido.


Leis do jogo
 
Duração do jogo
Parte do Jogo·A partida compreenderá dois períodos de 20 (vinte) minutos cada um.
O controlo do tempo far-se-á sob a responsabilidade de um cronometrista, cujas funções especificam-na.
A duração de cada período deverá ser prolongada para permitir a execução de um pontapé de grande penalidade.
Tempo Morto·As equipas tem a possibilidade de pedir 1 (um) minuto de tempo morto em cada um dos períodos. Devem ser respeitados os seguintes princípios :
-----Os treinadores de cada equipa serão autorizados a pedir um tempo morto de 1 (um) minuto ao cronometrista;
-----Um minuto de tempo morto poderá ser pedido em qualquer momento, mas só será permitido quando a equipa está de posse da bola;
-----O cronometrista deverá indicar que o tempo foi autorizado assim que a bola não esteja em jogo, dará sinal por meio do seu apito ou um sinal acústico diferente dos utilizados pelos árbitros;
-----Uma vez concedido o tempo morto, os jogadores poderão reunir-se no interior do terreno de jogo. No caso de quererem receber instruções da parte de um elemento oficial da equipa, isso só poderá ser feito na margem da linha lateral, na direcção do banco dos substitutos da equipa. Os jogadores não poderão deixar o terreno de jogo. Do mesmo modo, a pessoa que dá instruções não será autorizada a penetrar no terreno de jogo;
-----Se uma equipa não tiver pedido o tempo morto a que tinha direito na primeira parte, ela não poderá fazê-lo transferir para a segunda parte;

Intervalo
O intervalo entre os dois períodos não deve ultrapassar os quinze minutos.

Decisões
 
Decisão 1
No caso em que se não possa contar com a ajuda de um cronometrista, os treinadores deverão pedir o minuto de tempo morto ao segundo árbitro.
 
Decisão 2
Se o Regulamento da Competição prescrever que é necessário jogar prolongamentos no fim do tempo regulamentar após um encontro empatado, não haverá tempos mortos durante os prolongamentos.

Pontapé de Saída

Preliminares
A escolha de campo e do pontapé de saída será tirada à sorte com uma moeda. A equipa favorecida escolhe a baliza em direcção à qual atacará durante a primeira parte. À outra equipa será atribuído o pontapé de saída do jogo.

Pontapé de Saída
O pontapé de saída é um processo de começar a partida ou recomeçar o jogo:
o         no começo do jogo
o         depois de ser marcado um golo
o         no começo da segunda parte do jogo
o         no começo de cada período dos prolongamentos, se for caso disso.
Pode obter-se um golo directamente dum pontapé de saída.

Procedimento
Ao sinal do árbitro principal, o jogo começará por um pontapé de saída, executado por um jogador, na direcção do campo adversário, estando a bola parada e colocada no centro do terreno.
Todos os jogadores devem encontrar-se no seu próprio meio-campo e os da equipa oposta à que executa o pontapé de saída devem estar no exterior do círculo de 3m de raio do centro do terreno até que a bola entre em jogo.
A bola será considerada em jogo logo que seja pontapeada para a frente.
O jogador que executa o pontapé de saída não pode voltar a tocar na bola antes que esta tenha sido jogada ou tocada por qualquer outro jogador.

Infracções/Sanções
Se o jogador que executou o pontapé de saída jogar a bola uma segunda vez antes de ela ter sido tocada por outro jogador, será concedido à equipa contrária um pontapé-livre indirecto, no local onde a falta foi cometida, salvo se ela foi praticada por um jogador na área de grande penalidade do adversário, caso em que o pontapé-livre indirecto será executado sobre a linha da área de grande penalidade, no ponto mais próximo do sítio onde a falta foi cometida.
Por qualquer outra infracção ao procedimento do pontapé de saída, o pontapé de saída será repetido.

Bola ao Solo
Para começar a partida após uma interrupção temporária provocada por um caso não previsto em qualquer das Leis, e desde que a bola não tenha ultrapassado uma linha lateral ou de baliza imediatamente antes da interrupção, o jogo recomeçará com uma bola ao solo.

Procedimento
O árbitro deixa cair a bola no solo no local onde ela se encontrava no momento da interrupção, salvo se a bola se encontrava no interior da área de grande penalidade, caso em que a bola ao solo será executada sobre a linha da área de grande penalidade, no ponto mais próximo do sítio onde a bola se encontrava quando o jogo foi interrompido.
Infracções/Sanções
O lançamento de bola ao solo deve ser repetido, se:
o         A bola é tocada por um jogador antes de entrar em contacto com o solo
o         A bola ultrapassar uma linha lateral ou de baliza depois de ter ressaltado no solo sem que nenhum jogador lhe tenha tocado.

Marcação de golos

Golo Marcado
Um golo é marcado sempre que a bola transpuser completamente a linha de baliza, entre os postes e por baixo da barra horizontal, sem que tenha sido intencionalmente transportada ou lançada com as mãos ou braços de qualquer jogador da equipa atacante, incluindo o guarda-redes, desde que nenhuma infracção às Leis do Jogo tenha sido previamente cometida pela equipa a favor da qual o golo será marcado.  

Equipa Vencedora
A equipa que marcar maior número de golos será a vencedora da partida; se nenhum golo for marcado ou se as equipas obtiverem o mesmo número de golos, o jogo será declarado empatado ou recorrera-se a prolongamento ou penaltis se o empate continuar.

Faltas e incorrecções

Pontapé-Livre Directo
Um pontapé-livre directo será concedido à equipa adversária do jogador que no entender do árbitro cometa, por negligência, por imprudência ou por excesso de combatividade, uma das seis faltas seguintes:
----- Passar ou tentar passar uma rasteira a um adversário
----- Saltar sobre um adversário
----- Carregar um adversário mesmo com o ombro
----- Agredir ou tentar agredir um adversário
----- Empurrar um adversário
Um pontapé-livre directo será igualmente concedido à equipa adversária do jogador que cometa uma das quatro faltas seguintes:
----- Agarrar um adversário
----- Cuspir sobre um adversário
----- Atirar-se deslizando no terreno para tentar jogar a bola, quando esta está sendo jogada ou vai ser jogada por um adversário (tacle deslizante), excepto o guarda-redes dentro da sua área de grande penalidade, contudo ele não poderá jogar de forma negligente, com imprudência ou excesso de combatividade.
----- Tocar deliberadamente a bola com as mãos (excepto o guarda-redes dentro da sua área de grande penalidade)
Todos os pontapés-livres directos devem ser executados no local em que as faltas foram cometidas.

Todas as faltas sancionadas são acumuláveis.

Pontapé de Grande Penalidade
Se um jogador da equipa que defende cometer, na área de grande penalidade, qualquer das dez faltas atrás indicadas, a sua equipa será castigada com um pontapé de grande penalidade.
O pontapé de grande penalidade pode ser concedido seja qual for a posição da bola, desde que esteja em jogo.

Pontapé-Livre Indirecto
Um pontapé-livre indirecto será igualmente concedido à equipa adversária do guarda-redes que cometa uma das faltas seguintes:
----- Depois de haver soltado ou despachado a bola, voltar a recebê-la de um colega de equipa, sem que a bola tenha passado a linha de meio-campo, ou tenha sido jogada ou tocada por um adversário
----- Tocar ou controlar a bola com as mãos vinda de um passe atirado deliberadamente com o pé por um colega de equipa
----- Tocar ou controlar a bola com as mãos quando um colega de equipa a jogue deliberadamente na sua direcção, duma reposição da bola em jogo a partir da linha lateral
----- Tocar ou controlar a bola com as mãos ou com os pés durante mais de 4 segundos, excepto se for no meio campo adversário.
Um pontapé-livre indirecto será concedido à equipa adversária do jogador que, no entender do árbitro:

----- Jogar de uma maneira que o árbitro considere perigosa
----- Fizer obstrução à progressão dum adversário
----- Impedir o guarda-redes de soltar a bola das mãos
----- Cometer outras faltas não mencionadas anteriormente na Lei XII, pelas quais o jogo seja interrompido a fim de advertir ou expulsar um jogador.

O pontapé-livre indirecto concedido à equipa adversária deve ser executado no local onde foi cometida a falta, salvo se ela foi praticada no interior da área de grande penalidade, pois neste caso o pontapé-livre indirecto será executado sobre a linha da área de grande penalidade, no ponto mais próximo do sítio onde a falta foi cometida.

Sanções Disciplinares
Faltas Passíveis de Advertência
Um jogador deve ser advertido (cartão amarelo) quando cometa uma das sete faltas seguintes:

      1.                                    Tornar-se culpado de comportamento anti-desportivo
      2.                                    Manifestar desacordo por palavras ou por actos
      3.                                    Infringir com persistência as Leis do Jogo
      4.                                    Retardar o recomeço do jogo
      5.                                    Não respeitar a distância exigida aquando da execução de um pontapé de canto, de um pontapé da linha lateral, de um pontapé-livre ou lançamento de baliza
      6.                                    Entrar ou reentrar no terreno de jogo sem autorização do árbitro ou infringir a regra das substituições
      7.                                    Abandonar deliberadamente o terreno de jogo sem autorização do árbitro.

Por qualquer destas infracções, será concedido à equipa adversária um pontapé-livre indirecto no local onde a falta foi cometida, salvo se esta tiver sido praticada no interior da área de grande penalidade, pois neste caso o pontapé-livre indirecto será executado sobre a linha da área de grande penalidade, no local mais próximo daquele onde a falta foi cometida.
Além da sanção referida, será feita a correspondente advertência, a não ser que uma infracção mais grave às Leis do Jogo tenha sido praticada.

Faltas Passíveis de Expulsão
Um jogador deve ser expulso do terreno de jogo (cartão vermelho) quando cometa uma das sete faltas seguintes:

      8.                                    Tornar-se culpado de conduta violenta
      9.                                    Tornar-se culpado dum acto de brutalidade
  10.                                    Cuspir num adversário ou em qualquer outra pessoa
  11.                                    Impedir a equipa adversária de marcar um golo, ou anular uma ocasião clara de golo, tocando deliberadamente a bola com a mão (isto não se aplica ao guarda-redes na sua própria área de grande penalidade)
  12.                                    Destruir uma ocasião clara de golo dum adversário que se dirija em direcção à sua baliza cometendo uma falta passível de um pontapé-livre ou de um pontapé de grande penalidade
  13.                                    Usar linguagem ou gestos ofensivos, injuriosos ou grosseiros
  14.                                    Receber uma segunda advertência no decurso do mesmo jogo.


Se o jogo for interrompido por causa da expulsão de um jogador por uma das faltas 6  e 7, sem que haja sido praticada qualquer outra infracção às Leis, será recomeçado por um pontapé-livre indirecto (a não ser que seja cometida uma das onze faltas graves, pois neste caso o pontapé-livre será directo), concedido à equipa adversária e executado no local onde a falta foi cometida, a menos que tenha sido cometida no interior da área de grande penalidade, pois neste caso o pontapé-livre indirecto será marcado sobre a linha da área de grande penalidade, no ponto mais próximo do local onde a falta foi praticada.

Decisões
No caso de expulsão, o jogador expulso não pode voltar a jogar no encontro em curso nem sentar-se no banco dos substitutos. A sua equipa poderá ser completada 2 minutos após a expulsão, salvo se for marcado um golo antes de terminarem os 2 minutos, e após autorização do cronometrista.
Se tal acontecer, haverá que ter em consideração os pontos seguintes:
 a) Se as equipas estão a jogar com 5 contra 4 e a equipa que tem superioridade numérica é que marca o golo, a equipa de 4 jogadores poderá ser imediatamente completada;
b) Se as duas equipas jogam com 4 jogadores cada uma e é marcado um golo, o jogo prosseguirá sem alteração numérica de jogadores;
c) Se as equipas jogam 5 contra 3 ou com 4 contra 3 e a equipa que tem superioridade numérica é que marca um golo, a equipa de 3 jogadores pode incluir mais de um jogador;
d) Se ambas as equipas jogam com 3 jogadores cada uma e é marcado um golo, o jogo prosseguirá sem alteração numérica de jogadores;
e) Se é a equipa em inferioridade numérica que marca um golo, o jogo prosseguirá sem alteração do número de jogadores.

Pontapés-livres

Tipos de Pontapés-Livres
Os pontapés-livres classificam-se em directos e indirectos.
A bola deve estar parada no momento em que se executa o pontapé-livre e o jogador que o executou não pode jogá-la de novo antes que ela tenha sido tocada ou jogada por outro jogador.
Pontapé-Livre Directo
Se a bola penetra directamente na baliza adversária, o golo é válido.
Pontapé-Livre Indirecto
O golo só pode ser válido se a bola penetrar na baliza depois de ter tocado num outro jogador.

Faltas acumuladas
Posição dos pontapés-livres
A bola estará em jogo logo que seja pontapeada e se mova.
Todos os adversários devem situar-se à distância de, pelo menos, 5 metros da bola até que esta esteja em jogo.

Infracções/Sanções
Se um jogador se aproximar a menos de 5 metros da bola antes de ser executado o pontapé-livre, os árbitros farão repetir o pontapé.
Se o jogador que executou um pontapé-livre jogar a bola outra vez antes de ela ser jogada ou tocada por outro jogador, será concedido à equipa adversária um pontapé-livre indirecto, no local onde foi cometida a falta, salvo se foi praticada dentro da área de grande penalidade, pois neste caso o pontapé-livre indirecto será executado sobre a linha da área de grande penalidade, no ponto mais próximo do local onde a falta foi cometida.

Grandes penalidades
Um pontapé de grande penalidade deve ser assinalado contra a equipa que cometa, dentro da sua própria área de grande penalidade e no momento em que a a bola esteja em jogo, uma das dez faltas punidas com um pontapé-livre directo.
Um golo pode ser marcado directamente dum pontapé de grande penalidade.
Um tempo suplementar deve ser concedido para que o pontapé de grande penalidade deva ser executado no final de cada uma das partes do tempo regulamentar ou no final de cada uma das partes do prolongamento.

Posição da Bola e dos Jogadores
A bola é colocada sobre a marca de pontapé de grande penalidade.
O jogador executante deve estar claramente identificado.
O guarda-redes da equipa defensora deve colocar-se sobre a linha de baliza, frente ao executante, entre os postes da baliza, até ao momento em que a bola seja chutada.
Os restantes jogadores estarão dentro do campo de jogo, mas fora da área de grande penalidade, atrás da marca de grande penalidade e à distância mínima de 5 metros daquela marca, excepto o que vai executar o castigo.

Execução
O jogador que executa o pontapé deve atirar a bola para a frente e não pode voltar a jogá-la antes que ela tenha sido, tocada ou jogada por outro jogador.

A bola será considerada em jogo logo que seja pontapeada e se movimente em direcção à baliza adversária.
Em caso de necessidade, pode prolongar-se o tempo de jogo, no fim da primeira parte ou da segunda, para permitir a execução ou repetição dum pontapé de grande penalidade.
Se a bola, antes de passar entre os postes e por baixo da barra horizontal, ao executar-se um pontapé de grande penalidade no final do primeiro tempo ou da partida, tocar num ou nos dois postes ou ainda na barra horizontal ou no guarda-redes, ou verificando-se uma combinação destes intermediários, o golo será válido, desde que não tenha sido cometida nenhuma infracção.

Infracções/Sanções

Se uma infracção a esta Lei for cometida por um jogador da equipa defensora:
o         se a bola não entrar na baliza, o pontapé de grande penalidade será repetido
o         se a bola entrar na baliza, o golo será válido
Por qualquer infracção cometida por um colega do executante:
o         se a bola entrar na baliza, o pontapé de grande penalidade será repetido
o         se a bola não entrar na baliza, o pontapé de grande penalidade não será repetido

O jogador executante do pontapé de grande penalidade se infringir esta Lei depois da bola estar em jogo:

o         será concedido à equipa adversária um pontapé-livre indirecto que será executado no local onde a infracção foi cometida salvo se foi cometido dentro da área de grande penalidade. Nesse caso, o pontapé-livre indirecto deverá ser executado sobre a linha da área de grande penalidade, no ponto mais próximo do local onde a falta foi cometida.

Pontapé de linha lateral

Reposição da Bola em Jogo
Quando a bola ultrapassar completamente a linha lateral, seja pelo ar ou rente ao solo, será reposta em jogo com o pé, em qualquer direcção no interior do terreno, no local onde transpôs aquela linha, por um jogador da equipa contrária à do que tocou a bola em último lugar.
O jogador que efectua a reposição lateral deve, no momento de pontapear a bola, ter uma parte qualquer de cada pé sobre a linha lateral ou sobre o terreno do lado de fora desta linha.
A bola deve permanecer imóvel sobre a linha lateral e poderá ser pontapeada em qualquer direcção.
Os jogadores da equipa adversária devem colocar-se a uma distância de 5 metros, no mínimo, do sítio onde se encontra a bola
Não pode ser marcado directamente um ponto com a reposição de bola em jogo a partir da linha lateral.
Execução
O pontapé de linha lateral deverá ser executado até aos 4 segundos imediatos.
O executante do pontapé de linha lateral não pode voltar a jogar a bola uma segunda vez sem que esta tenha sido tocada ou jogada por um outro jogador.
A bola é considerada em jogo logo que seja pontapeada.

Infracções/Sanções
Se a reposição não tiver sido efectuada correctamente, será executada por um jogador da equipa adversária
-----Se a reposição for feita de qualquer posição que não seja aquela por onde a bola atravessou a linha lateral, será feita nova reposição por um jogador da equipa adversária
-----Se a reposição não for efectuada dentro de 4 segundos a partir do momento em que o executante ficou de posse da bola, a mesma será executada por um jogador da equipa adversária
-----Se o jogador que executou a reposição voltar a jogar a bola antes que esta tenha sido tocada ou jogada por outro jogador, será concedido um pontapé-livre indirecto à equipa adversária, no local onde a falta tiver sido cometida, salvo se foi praticada dentro da área de grande penalidade, pois neste caso, o pontapé-livre indirecto será executado sobre a linha da área de grande penalidade, no ponto mais próximo do local onde a falta foi cometida.

Lançamento de baliza
Quando a bola ultrapassar completamente a linha de baliza, sem ser entre os postes, pelo ar ou rente ao solo, tendo sido tocada em último lugar por um jogador da equipa atacante, o guarda-redes deverá repor a bola em jogo unicamente com a mão, a partir do interior da sua área de grande penalidade e para o exterior desta, mas nunca para além do seu próprio meio-campo.
A bola será considerada em jogo logo que tenha saído da área de grande penalidade.

Modo de Executar o Lançamento de Baliza
Entende-se que o "lançamento" foi feito correctamente quando a bola tiver sido tocada ou jogada por outro qualquer jogador fora da área de grande penalidade ou tiver tocado no solo dentro do meio-campo do guarda-redes que o efectuou.
Os jogadores da equipa adversária devem encontrar-se fora da área de grande penalidade até que a bola entre em jogo.

Castigo
-----Se a bola ultrapassar o meio-campo do guarda-redes sem ter sido tocada ou jogada por outro jogador ou sem ter tocado no solo, os árbitros concederão um pontapé-livre indirecto à equipa adversária, em qualquer ponto da linha de meio-campo.
-----Se a bola é tocada ou jogada por um colega do guarda-redes que executa o lançamento, ou por um jogador da equipa adversária, no interior da sua própria área de grande penalidade, o lançamento de baliza terá que ser repetido.
-----Se o guarda-redes, depois de pôr a bola em jogo, voltar a jogar a bola antes de outro jogador a ter tocado ou jogado, será concedido à equipa adversária um pontapé-livre indirecto no local onde a falta tiver sido cometida, salvo se a infracção tiver tido lugar dentro da área de grande penalidade, caso em que o pontapé-livre indirecto deverá ser executado sobre a linha dos 6m, no ponto mais próximo do local onde a falta foi cometida.
-----Se o guarda-redes, uma vez que tenha posto a bola em jogo, a receber de volta de um colega de equipa, tocando-a ou controlando-a com as mãos, será concedido um pontapé-livre indirecto a favor da equipa adversária. O livre indirecto deverá ser executado sobre a linha dos 6m da área de grande penalidade, no ponto mais próximo do local onde a falta foi cometida.
Quando a bola, após ter sido tocada em último lugar por um jogador da equipa que defende, tiver ultrapassado completamente a linha de baliza, por alto ou rente ao solo, sem ser entre os postes, será executado um pontapé de canto por um jogador da equipa atacante.

Pontapé de Canto

Modo de Execução

A bola deve ser colocada exactamente na intersecção da linha de baliza e da linha lateral e é desse local que ela será pontapeada.
Os jogadores adversários da equipa que executa o pontapé de canto não podem aproximar-se da bola a menos de 5m, antes que ela esteja em jogo, isto é, antes que tenha percorrido uma distância igual à sua circunferência, e o jogador que executou o pontapé não pode voltar a jogar a bola antes de esta ser tocada ou jogada por outro jogador.
Pode ser marcado um golo directamente com um pontapé de canto.

Castigo
-----Se o pontapé de canto não for executado correctamente, será repetido

-----Se o jogador que executa o pontapé jogar a bola pela segunda vez antes que tenha sido tocada ou jogada por um outro jogador, os árbitros concederão um pontapé livre indirecto à equipa contrária, a executar no local onde a falta foi cometida.

-----Se o pontapé de canto não for executado dentro dos 4 segundos seguintes ao momento em que o executante ficou de posse da bola, os árbitros concederão um pontapé-livre indirecto à equipa adversária, a partir do local onde o pontapé de canto devia ser executado.

Todas as situações que não se encontrem contempladas no regulamento serão decididas pela organização.
A organização não se responsabiliza por quaisquer acidentes no decorrer do torneio.
A Inscrição das equipas pressupõe a aceitação integral do presente regulamento.
Cada Equipa pode inscrever dois jogadores adicionais durante o torneio.


Torneio de Futsal com inicio a 23 de Maio de 2011


GDC DA NORA, 23 de Maio de 2011

O PRESIDENTE DA DIRECÇÃO
Joaquim António Barreiras
ACTIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ANO DE 2012Myspace Scrolling Text Creator

ACTIVIDADES REALIZADAS EM 2012

  • 22.ª - 17-08-2012 - Participação no Torneio de Futebol 11 Concelho de Borba - 2012
  • 21.ª - 22-07-2012 - JOGO DOS QUARTOS DE FINAL - Torneio de Futsal Cidade de Borba
  • SN - 19-07-2012 - Embora sem festividades organizadas para assinalar a data, o GDC da NORA comemora o seu 12.º Aniversário
  • 20.ª - 16-07-2012 - JOGO DO - Torneio de Futsal Cidade de Borba
  • 19.ª - 11-07-2012 - JOGO DO - Torneio de Futsal Cidade de Borba
  • 18.ª - 06-07-2012 - JOGO DO - Torneio de Futsal Cidade de Borba
  • 17.ª - 03-07-2012 - JOGO DO - Torneio de Futsal Cidade de Borba
  • 16.ª - 25-06-2012 - JOGO DO - Torneio de Futsal Cidade de Borba
  • 15.ª - 25-04-2012 - COMEMORAÇÕES DO 25 DE ABRIL
  • 14.ª - 29-04-2012 - 1.º PASSEIO DE MOTAS ANTIGAS
  • 13.ª - 21-04-2012 - 18.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 12.ª - 14-04-2012 - BAILE DA PINHA
  • 11.ª - 31-03-2012 - EXCURSÃO AO ESTÁDIO DA LUZ
  • 10.ª - 30-03-2012 - 16.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 9.ª - 24-03-2012 - 15.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 8.ª - 17-03-2012 - 14.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 7.ª - 10-03-2012 - 13.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 6.ª - 24-02-2012 - 12.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 5.ª - 18-02-2012 - 11.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 4.ª - 11-02-2012 - 10.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 3.ª - 28-01-2012 - 9.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 2.ª - 14-01-2012 - 8.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 1.ª - 07-01-2012 - 7.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
ACTIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ANO DE 2011Myspace Scrolling Text Creator

ACTIVIDADES REALIZADAS EM 2011

  • 1.ª - 08-01-2011 - Jogo da 9.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 2.ª - 15-01-2011 - Jogo da 10.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 3.ª - 29-01-2011 - Jogo da 11.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 4.ª - 19-02-2011 - Jogo da 13.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 5.ª - 26-02-2011 - Jogo da 14.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 6.ª - 05-03-2011 - Jogo da 15.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 7.ª - 05-03-2011 - Actividades Carnavalescas
  • 8.ª - 12-03-2011 - Jogo da 16.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 9.ª - 19-03-2011 - 1.º Torneio de Sueca
  • 10.ª - 19-03-2011 - Jogo da 17.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 11.ª - 25-03-2011 - 1.º Eurosorteio
  • 12.ª - 26-03-2011 - Jogo da 18.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 13.ª - 01-04-2011 - 2.º Eurosorteio
  • 14.ª - 02-04-2011 - Jogo da 19.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 15.ª - 08-04-2011 - 3.º Eurosorteio
  • 16.ª - 09-04-2011 - Jogo da 20.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 17.ª - 15-04-2011 - 4.º Eurosorteio
  • 18.ª - 17-04-2011 - 2.º Torneio de Sueca
  • 19.ª - 30-04-2011 - Jogo da 21.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 20.ª - 01-05-2011 - RELIZAÇÃO DO TORNEIO DE MATRAQUILHOS
  • 21.ª - 30-04-2011 - Jogo da 22.ª e Última Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 22.ª - 23-05-2011 a 11-06-2011 - TORNEIO INTERNO DE FUTSAL
  • 23.ª - 23-05-2011 - 1.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 24.ª - 24-05-2011 - 2.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 25.ª - 25-05-2011 - 3.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 26.ª - 26-05-2011 - 4.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 27.ª - 27-05-2011 - 5.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 28.ª - 30-05-2011 - 6.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 29.ª - 31-05-2011 - 7.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 30.ª - 01-06-2011 - 8.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 31.ª - 02-06-2011 - 9.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 32.ª - 03-06-2011 - 10.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 33.ª - 04-06-2011 - 11.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 34.ª - 05-06-2011 - 12.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 35.ª - 08-06-2011 - 13.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 36.ª - 09-06-2011 - 14.ª Jornada do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 37.ª - 11-06-2011 - Finais do Torneio Interno de Futsal - 2011
  • 38.ª - 28-06-2011 - Participação do Torneio de Futsal de Borba
  • 39.ª - 04-07-2011 - Participação do Torneio de Futsal de Borba
  • 40.ª - 06-07-2011 - Participação do Torneio de Futsal de Borba
  • 41.ª - 22, 23 E 24-07-2011 - Comemorações do 11.º Aniversário do GDC DA NORA
  • 42.ª - 17-09-2011 - Nora Jovem 2011
  • 43.ª - 08-10-2011 - 1.º Jogo de preparação para o Campeonato Distrital de Futsal - Época 2011/12
  • 44.ª - 15-10-2011 - 2.º Jogo de preparação para o Campeonato Distrital de Futsal - Época 2011/12
  • 45.ª - 12-11-2011 - 1.º Jornada do Campeonato Distrital de Futsal - Época 2011/12
  • 46.ª - 14-11-2011 - Início do Torneio de Snooker
  • 47.ª - 18-11-2011 - 2.º Jornada do Campeonato Distrital de Futsal - Época 2011/12
  • 48.ª - 26-11-2011 - 3.º Jornada do Campeonato Distrital de Futsal - Época 2011/12
  • 49.ª - 03-12-2011 - 4.º Jornada do Campeonato Distrital de Futsal - Época 2011/12
  • 50.ª - 10-12-2011 - 5.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
  • 51.ª - 17-12-2011 - 6.ª JORNADA DO CAMPEONATO DISTRITAL DE FUTSAL - ÉPOCA 2011-2012
ACTIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ANO DE 2010Myspace Scrolling Text Creator

ACTIVIDADES REALIZADAS EM 2010

  • sn- 19-07-2010 - Embora sem festividades organizadas para assinalar a data, o GDC da NORA comemora o seu 10.º Aniversário.
  • 1.ª - 31-08-2010 - Eleições Para os Corpos Gerentes 2010/2013
  • 2.ª - 31-08-2010 - Acto de Tomada De Posse
  • 3.ª - 18-09-2010 - Apresentação da Equipa de Futsal Aos Sócios
  • 4.ª - 06-11-2010 - Jogo da 2.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 5.ª - 13-11-2010 - Jogo da 3.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 6.ª - 20-11-2010 - Jogo da 4.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 7.ª - 27-11-2010 - Jogo da 5.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 8.ª - 04-12-2010 - Jogo da 6.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 9.ª - 11-12-2010 - Jogo da 7.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
  • 10.ª - 18-12-2010 - Jogo da 8.ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal
ACTIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ANO DE 2009Myspace Scrolling Text Creator

ACTIVIDADES REALIZADAS EM 2009

  • SN. - Todos os Sabados do Ano se Reunem os atletas das Escolinhas de Desporto do G.D.C. da Nora das 10 às 12.horas , para praticar Desporto; durante as actividades é servido um lanche aos participantes.
  • 1.ª - 28-02-2009 - Eleições Para os Corpos Gerentes 2009/2011
  • 2.ª - 28-02-2009 - Acto de Tomada De Posse
  • 3.ª - 28-03-2009 - 1.º Torneio de Sueca
  • 4.ª - 11-04-2009 - Jogo e Convivìo de Veteranos
  • 5.ª - 19-04-2009 - 1.º Passeio TT
  • 6.ª - 08-05-2009 - Actuação das N´Club na 7.ª Feira das Ervas Alimentares na Orada
  • 7.ª - 16-05-2009 - Prova de treino de Tiro ao Alvo
  • 8.ª - 10-06-2009 - 1.º Concurso Piscatório
  • 9.ª - 11-06 a 03-07-2009 - 2.º Torneio de Futsal
  • 10.ª - 11-07-2009 - Passeio Cultural ao Alqueva
  • 11.ª - 24, 25 E 26-07-2009 - Comemorações do 9.º Aniversário
ACTIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ANO DE 2008Myspace Scrolling Text Creator

ACTIVIDADES REALIZADAS EM 2008

  • SN. - Todos os Sabados do Ano se Reunem os atletas das Escolinhas de Desporto do G.D.C. da Nora das 10 às 12.horas , para praticar Desporto; durante as actividades é servido um lanche aos participantes.
  • 1.ª - 02-02-2008 - Actividades Carnavalescas
  • 2.ª - 21-03-2008 - N`Club participaram na 10.ª Feira do Queijo em Rio de Moinhos
  • 3.ª - 22-03-2008 - Jogo e Convivìo de Veteranos
  • 4.ª - 09-05-2008 - Actuação das N´Club na 6.ª Feira das Ervas Alimentares na Orada
  • 5.ª - 18, 19 e 20-07-2008 - Comemorações do 8.º Aniversário
  • 6.ª - 19-07-2008 - Jogo e Convivìo de Veteranos
  • 7.ª - 19 a 31-07-2008 e 1 a 09-08-2008 - Torneio de Futsal
ACTIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ANO DE 2007Myspace Scrolling Text Creator

ACTIVIDADES REALIZADAS EM 2007

  • SN. - Todos os Sabados do Ano se Reunem os atletas das Escolinhas de Desporto do G.D.C. da Nora das 10 às 12.horas , para praticar Desporto; durante as actividades é servido um lanche aos participantes.
  • 1.ª - 17-02-2007 - Actividades Carnavalescas
  • 2.ª - 18-03-2007 - Participação na Meia Maratona de Lisboa
  • 3.ª - 07-04-2007 - Baile da Pinha
  • 4.ª - 07-04-2007 - Jogo e Convivio de Veteranos
  • 5.ª - 07-04-2007 - N`Club participaram na 9.ª Feira do Queijo em Rio de Moinhos
  • 6.ª - 25-04-2007 - Participação nas Comemorações do 25 de Abril em Borba
  • 7.ª - 27-05-2007 - Inauguração do Espaço Intergeracional
  • 8.ª - 17-06-2007 - 2.º Passeio de BTT
  • 9.ª - 30-06-2007 - Convívio Piscatório
  • 10.ª - 30-06-2007 - Sardinhada
  • 11.ª - 20, 21 e 22-07-2007 - 7.º Aniversário
  • 12.ª - 21-07-2007 - N`Club participaram no 7.º Aniversário do G.D.C Da NORA.
  • 13.ª - 21-07-2007 - Jogo e Convivìo de Veteranos
  • 14.ª - 22-07-2007 - Genealogia - Ao Encontro das Nossas Raizes
  • 15.ª - 26-08-2007 - Torneio Futebol 5 " Feminino e Masculino "
  • 16.ª - 02-11-2007 - Halloween - Parceria entre o G.D.C DA NORA e a Turma 9.º C da Escola Basica de Borba
ACTIVIDADES REALIZADAS DURANTE O ANO DE 2006Myspace Scrolling Text Creator

ACTIVIDADES REALIZADAS EM 2006

  • SN. - Todos os Sabados do Ano se Reunem os atletas das Escolinhas de Desporto do G.D.C. da Nora das 10 às 12.horas , para praticar Desporto; durante as actividades é servido um lanche aos participantes.
  • 1.ª - 05-03-2006 - Participação na Corrida das Comemorações do Aniversário do Benfica
  • 2.ª - 26-03-2006 - Participação na Meia Maratona de Lisboa
  • 3.ª - 15-04-2006 - Baile da Pinha
  • 4.ª - 15-04-2006 - Jogo e Convívio de Veteranos
  • 5.ª - 23; 25; 30-04-2006 e 01-05-2006 - Torneio de Futsal Comemorativo do 25 de Abril
  • 6.ª - 12-05-2006 - N`Club Participaram na 4.ª Feira das Ervas na Orada
  • 7.ª - 21-05-2006 - 1 Passeio de BTT
  • 8.ª - 17-06-2006 - Visita às Grutas da Moeda
  • 9.ª - 08.07-2006 - N`Club Participaram no 23.º Convívio dos Dadores de Sangue
  • 10.ª - 15-07-2006 - N`Club Participaram no Festival de Danças Modernas organizado pelo Grupo ONE REASON
  • 11.ª - 21 a 23-07-2006 - 6.º Aniversário
  • 12.ª - 21 a 23-07-2006 - Exposição Temática sobre as N`Club
  • 13.ª - 22-07-2006 - N`Club Participaram no 6.º Aniversário do G.D.C. da Nora
  • 14.ª - 23-07-2006 - Largada do Leitão
  • 15.ª - 23-07-2006 - Gincana de Bicicletas